Sagitarianos

O mitológico centauro que os simboliza, sagitarianos, também poderia ser representado pela tríade corpo-mente-coração. Sagitário é bicho forte, os seus membros inferiores não servem apenas para correr, como também para desbravar o mundo sentindo o carinho do vento no rosto. Vocês podem até envergar um pouco, mas em momento algum desistem daquilo em que acredita e cavalgam por aí com a autoridade de quem carrega a certeza de que tudo vai dar certo.


A sua parte humana – demasiadamente humana – existe para que eles não se esqueçam da sua condição racional, da sua individualidade, de ser singular, mas também plural, através da dádiva de viver em sociedade e assim compartilharem, expandirem e se tornarem aquilo para o que nasceram.


Sempre prontos para agirem com seus arcos e flechas voltados para o horizonte, eles partem na caça incessante por sabedoria. São guiados pela vontade incontrolável de viajar e conhecer o mundo, sendo que a melhor viagem aconteceu no dia em que eles olharam para dentro de si mesmos e descobriram, finalmente, onde habitava o infinito.